Guia do espectador para a Copa do Mundo no Catar

Uma última chance para Lionel Messi e Cristiano Ronaldo. Kylian Mbappé de volta ao maior palco de todos. O Brasil disputa o sexto título recorde.

Uma das Copas do Mundo mais esperadas da memória – tanto por motivos fora de campo quanto por dentro – começa no Catar neste domingo.

Você pode assistir a todos os jogos da Copa do Mundo da FIFA 2022 AO VIVO no TSN, TSN.ca e no aplicativo TSN.

Trinta e duas equipes, 64 jogos, 29 dias. A primeira Copa do Mundo no Oriente Médio.

O jogo da liga em todo o mundo deu uma pausa e agora o foco está no Catar, cuja seleção abre o torneio com um jogo contra o Equador.

Aqui estão algumas coisas a serem observadas quando as partidas da fase de grupos começarem no menor país a sediar uma Copa do Mundo, onde alguns torcedores ficarão hospedados em hotéis flutuantes a caminho da ação:

EQUIPES PRINCIPAIS

Brasil (n°1 no ranking da FIFA). Neymar, Vinícius Júnior e o restante da Seleção recheada de talento na hora certa. O primeiro título de campeão mundial desde 2002 está no horizonte?

Bélgica (n°2). A “Geração de Ouro” está se desfazendo aos poucos, mas Kevin De Bruyne continua à frente da seleção belga. Há, no entanto, algumas dúvidas sobre a forma física de Romelu Lukaku.

Argentina (#3). Nenhum título de campeão mundial desde os dias do grande Diego Maradona. Será a primeira Copa do Mundo desde sua morte em novembro de 2020 e a Argentina melhorou sob o comando do técnico Lionel Scaloni, com Messi ainda no coração e levando a equipe a uma sequência de 35 jogos invictos.

França (#4). Os atuais campeões. Continua a ser o país com mais profundidade no seu plantel, apesar de uma lista de lesionados que inclui Paul Pogba e N’Golo Kante. Agora com Mbappé E Karim Benzema liderando o ataque. Nenhuma seleção manteve o título da Copa do Mundo desde o Brasil em 1962.

Inglaterra (#5). A equipe vem em uma fase ruim – sem vitórias em seis jogos – mas tem um histórico sólido nos últimos grandes torneios. A Inglaterra foi semifinalista da Copa do Mundo de 2018 e vice-campeã da Eurocopa em 2021.

Conheça as 32 seleções que participarão da Copa do Mundo.

GRANDES ESTRELAS

Lionel Messi, Argentina. O sete vezes Jogador do Ano do Mundo pode ter salvado suas pernas de 35 anos para um empurrão final em direção à medalha de conquista da Copa do Mundo que muitos acreditam que o solidificaria como o maior jogador de futebol de todos os tempos. Ele está em grande forma para o Paris Saint-Germain no momento.

Cristiano Ronaldo, Portugal. Ele venceu a Eurocopa, mas o artilheiro do futebol internacional masculino não jogou uma final de Copa do Mundo, muito menos ganhou uma. Ele tem 37 anos agora e não é mais titular no Manchester United – então aproveite ao máximo enquanto pode.

Kylian Mbappé, França. A estrela da última Copa do Mundo aos 19 anos e está cada vez melhor. O veloz atacante pode igualar o grande brasileiro Pelé em ser campeão em suas duas primeiras Copas do Mundo.

Kevin De Bruyne, Bélgica. Considerado o melhor meio-campista do mundo, suas corridas e cruzamentos estão entre os melhores do futebol. A Bélgica ficará grata por ele chegar saudável ao Catar.

Neymar, Brasil. Muitas vezes ofuscado por Mbappé e Messi no Paris Saint-Germain, ainda o principal homem do Brasil. Cuidado com dicas e truques, bem como alguns histriônicos.

COMO FUNCIONA

Prepare-se para um banquete de futebol. São oito grupos de quatro equipes, com as duas melhores classificadas para a fase eliminatória de 16 equipes.

Serão quatro partidas consecutivas por dia – sim, quatro! – para a maioria dos dois primeiros sets de partidas do grupo e, em seguida, pontapés de saída para as duas últimas partidas de cada grupo.

Não haverá intervalo para a fase eliminatória, que começa no dia seguinte ao término da fase de grupos. O primeiro dia sem futebol será no dia 7 de dezembro, 17º dia de competição.

JOGOS PARA VER

Catar x Equador, domingo. A primeira partida do torneio e sempre uma data a ser lembrada no calendário.

Argentina x México, 26 de novembro. A primeira das grandes rivalidades continentais na fase de grupos, com Messi potencialmente selando seu lugar e o da Argentina nas oitavas de final.

Espanha x Alemanha, 27 de novembro. Certamente não houve muitos jogos da fase de grupos mais importantes do que este em uma Copa do Mundo? Dois campeões recentes, dois gigantes do futebol europeu e mundial.

Irã x Estados Unidos, 29 de novembro. Foi chamado de “A Mãe de Todos os Jogos Parte II”. Assim como na Copa do Mundo de 1998, os dois países se enfrentarão na fase de grupos em um jogo com carga política. As relações diplomáticas ainda precisam ser restauradas entre as nações desde que foram cortadas em 1980.

Gana x Uruguai, 2 de dezembro. Alguém se lembra da noite de 2 de julho de 2010? No último minuto da prorrogação em uma partida das quartas de final da Copa do Mundo entre Uruguai e Gana, Luis Suárez parou deliberadamente a bola com a mão na linha do gol, foi expulso, só para que Gana perde o pênalti e perde nos pênaltis como Suárez comemorou à margem. A vingança seria doce para Gana.

LESÕES

Lesões atormentaram alguns dos melhores jogadores do mundo antes do torneio.

Entre os que definitivamente faltam estão os meio-campistas franceses Paul Pogba e N’Golo Kante, o atacante alemão Timo Werner e o zagueiro inglês Reece James.

Estão lesionados os seguintes feridos: Lukaku, o atacante sul-coreano Son Heung-min, o atacante senegalês Sadio Mané e o atacante argentino Paulo Dybala.

___

Cobertura da Copa do Mundo AP: e